sexta-feira, 26 de março de 2021

Dono da HAVAN vai doar 10 milhões de vacinas para o Brasil

Dono da HAVAN vai doar 10 milhões de vacinas para o Brasil

Os empresários Luciano Hang, dono da varejista Havan, e Carlos Wizard, da holding Sforza, estiveram nesta quinta-feira (25) com o ministro da Economia, Paulo Guedes, e anunciaram a intenção de doar 10 milhões de doses da vacina contra a Covid-19 para o SUS. O Congresso Nacional aprovou uma lei determinando que todas as doses adquiridas pelo setor privado sejam doadas ao SUS.

Hang e Wizard, porém, lideram um grupo que lançou abaixo-assinado para pressionar por uma mudança na lei para permitir o uso particular das doses, sem contrapartida ao sistema público de saúde. Hoje, a Justiça Federal derrubou obrigatoriedade de doação ao SUS de vacinas compradas por entidades privadas.

Na porta do Ministério da Economia, Wizard disse que, “graças ao apoio do ministro Paulo Guedes”, os empresários terão amanhã pela manhã uma agenda com o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga. Hang, por sua vez, ressaltou que cada funcionário vacinado por fora do PNI “tiraria as pessoas do SUS”. “Nós temos amigos que também querem comprar a vacina e doar para os seus funcionários” afirmou.

Sem mencionar a lei que obriga a doação de 100% das doses, Guedes celebrou o gesto dos empresários. “Dois empresários, dois brasileiros de coração macio, força e capacidade. Empreendedores (que) sabem negociar, conseguiram esses 10 milhões de vacinas, estão lá fora esperando para trazê-los”, afirmou o ministro da Economia. “Agora, imagine 100 empresários. São dois aqui, então seria 50 vezes essa doação de 10 milhões. E nós temos 100 empresários que podem querer fazer essas doações. Seriam 500 milhões de vacinas.”

Município de Tenente Laurentino Cruz emite Certidão Negativa de Débitos Federais

Após 6 anos, o município de Tenente Laurentino Cruz/RN consegue emitir novamente Certidão Negativa de Débitos Federais junto a Receita Feder...