quarta-feira, 31 de março de 2021

Geração de empregos no RN é a melhor desde 2012

O Rio Grande do Norte teve o melhor mês de fevereiro dos últimos 10 anos em relação à criação de empregos. Os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados pelo Ministério da Economia, e analisados pelo Sebrae, mostram saldo postivo de 1.899 novos empregos em fevereiro, o maior crescimento registrado desde 2012. Os números seguem a tendência apresentada em janeiro.

Foram registradas 14,495 admissões, contra 12,596 demissões. O estoque de contratos via CLT (Consolidação das Leis de Trabalho) era de 436.334 no mês de fevereiro deste ano. Segundo a análise ‘Mapa do Emprego no Rio Grande do Norte’ feita pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Estado (Sebrae/RN), o Estado foi o quinto do Nordeste com melhor saldo líquido positivo. A Bahia (18.993) e o Ceará (12.343) ocuparam as primeiras colocações. Na série registrada desde 2012, apenas em 2014 também foi registrado crescimento no número de vagas (1.292).

Os setores de serviços, comércios e construção civil foram os que mais geraram postos de trabalho, com 2.519, 969 e 566 vagas, respectivamente. Por sua vez, na agropecuária e na indústria houve déficit de 1.925 e 230 vagas, segundo o ‘Mapa do Emprego no Rio Grande do Norte’ feita pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Estado. Do total de admissões, a maior parte foi em microempresas, aquelas que possuem até 19 funcionários. Foram 3.879 vagas, seguidas por 525 vagas em empresas de pequeno porte.

Segundo a análise do Sebrae, os cinco municípios com maior geração de vagas foram: Natal (2.212); Parnamirim (709); Macaíba (174) e Caicó (129). O mesmo levantamento aponta os municípios com maior saldo negativo: Apodi (-509); Arês (-487); Baía Formosa (-439); e Baraúna (-267).

A alta no RN seguiu a tendência do mês de janeiro. O Estado iniciou 2021 com saldo positivo recorde de 2.247 carteiras assinadas. Na série de 2012 a 2021, o maior e único saldo líquido positivo tinha sido registrado em 2014, quando 1.224 postos de trabalho foram abertos. No restante do período, houve fechamento de postos de trabalho, com pico em 2013 (-2.428). Em janeiro do ano passado, momento pré-pandemia, 1.090 vagas foram fechadas.

Tribuna do Norte

Município de Tenente Laurentino Cruz emite Certidão Negativa de Débitos Federais

Após 6 anos, o município de Tenente Laurentino Cruz/RN consegue emitir novamente Certidão Negativa de Débitos Federais junto a Receita Feder...