segunda-feira, 12 de abril de 2021

Aliado de Bolsonaro, senador Eduardo Girão obtém apoio necessário para pôr prefeitos e governadores em CPI

 Girao Aliado de Bolsonaro, senador Eduardo Girão obtém apoio necessário para pôr prefeitos e governadores em CPI

O senador Eduardo Girão (Podemos- CE) afirmou ter conseguido na manhã desta segunda-feira (12), as 30 assinaturas necessárias para ampliar o escopo de atuação da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Covid-19, que deverá ser instalada pelo Senado, com a inclusão de prefeitos e governadores entre os alvos da investigação. O objetivo é investigar também se aconteceram desvios de recursos e outros erros no combate à pandemia nas esferas estadual e municipal.

Com a iniciativa, Girão, que pertence à ala bolsonarista do Senado, coloca em prática a estratégia delineada pelo presidente Jair Bolsonaro, que já vinha defendendo nos últimos dias que prefeitos e governadores fossem investigados e não só o governo federal. A ideia é que, ao ampliar os níveis do Executivo que serão alvos de apuração, seja reduzido o foco da CPI em cima do Planalto e da gestão do presidente durante a crise da Covid-19.

No final de semana, uma gravação divulgada pelo senador Jorge Kajuru (Cidadania-GO) de uma conversa dele com Bolsonaro, revelada pelo próprio parlamentar, mostra o presidente preocupado com a investigação e com a possibilidade de os senadores produzirem o que chamou de um “relatório sacana” contra o seu governo.

A abertura da CPI da Covid-19 foi determinada na semana passada pelo ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), mas a decisão será ainda submetida ao plenário da Corte — o presidente do STF, Luiz Fux, incluiu o assunto como o primeiro item da pauta da sessão da próxima quarta-feira, 14.

Veja

Tenente Laurentino Cruz-RN: Campanha em prol de uma prótese de fêmur para Jeová (Vanzinho)

Jeová está com sérias complicações e entre tantos problemas está a perder os movimentos das pernas. Pra que isso não aconteça será necessá...