terça-feira, 27 de abril de 2021

EUA vão compartilhar 60 milhões de doses da AstraZeneca com outros países

Foto: Reprodução/Marco Verch Professional Photographer

Os Estados Unidos vão começar a compartilhar até 60 milhões de doses da vacina contra a covid-19 da AstraZeneca com outros países assim que os imunizantes estiverem disponíveis. A informação foi divulgada nesta segunda-feira (26) pelo conselheiro sênior da Casa Branca para o combate à covid-19, Andy Slavitt.

“Os EUA devem liberar 60 milhões de doses da AstraZeneca para outros países assim que elas estiverem disponíveis”, escreveu Slavitt no Twitter. Apesar do anúncio, o  governo americano ainda não deu detalhes sobre a data e nem que países receberiam a vacina.

O motivo, segundo o conselheiro, é o portfólio de vacinas que os Estados Unidos já autorizaram e que já estão disponíveis em grandes quantidades, incluindo os imunizantes da BioNTech/Pfizer, Moderna e Johnson & Johnson. Além disso, de acordo com Slavitt, por conta da vacina da AstraZeneca não estar autorizada para uso nos Estados Unidos, não é preciso utilizar o imunizante durante os próximos meses no país.

Segundo a porta-voz, 10 milhões de doses poderiam ser liberadas para exportação “nas próximas semanas” e outras 50 milhões, que ainda estão sendo produzidas, poderiam ser enviadas em maio e junho.

“No momento, não temos nenhuma dose disponível da AstraZeneca. O governo Biden ainda está decidindo como será o processo para determinar quais países receberão as vacinas. Vamos considerar uma série de opções de nossos países parceiros e, é claro, muito disso será por meio de relacionamentos diretos”, afirmou.

A vacina da AstraZeneca já foi liberada por cerca de 70 países, incluindo o Brasil, o Reino Unido e a UE (União Europeia).

Poder 360

Município de Tenente Laurentino Cruz emite Certidão Negativa de Débitos Federais

Após 6 anos, o município de Tenente Laurentino Cruz/RN consegue emitir novamente Certidão Negativa de Débitos Federais junto a Receita Feder...