segunda-feira, 24 de maio de 2021

Inflamação é uma das principais características da depressão, indica estudo

Foto: solarseven/Getty Images

Uma pesquisa feita com cerca de 86 mil pessoas no Reino Unido apontou uma associação entre depressão e inflamação. Os cientistas mostraram que indivíduos com a doença psiquiátrica apresentam níveis mais altos de inflamação em seu organismo.

A pesquisa foi realizada por pesquisadores da King’s College London, que analisaram a presença da proteína C reativa (CRP) – um marcador de inflamação no organismo – em amostras sanguíneas dos participantes do estudo. Dos participantes, cerca de 27 mil apresentavam diagnóstico de transtorno depressivo crônico, enquanto 59 mil participantes não apresentavam o transtorno.

Segundo os cientistas, os níveis de CRP observados foram “significativamente maiores” nas amostras dos indivíduos com depressão em relação aos que não têm o transtorno – o resultado obtido seria a evidência mais forte que se tem dessa relação até o momento.

Os pesquisadores também consideraram dados genéticos e fenotípicos – isto é, referentes a características possíveis de se observar nos indivíduos, como as físicas – através do UK Biobank, um banco de dados biomédicos do Reino Unido. Foram observados fatores como idade, sexo, índice de massa corporal (IMC), tabagismo, consumo de álcool, exposição a traumas e status socioeconômico.

Os mecanismos por trás da ligação entre a depressão e a inflamação permanecem misteriosos, mas os cientistas acreditam que essa descoberta e os dados que obtiveram são importantes para uma melhor compreensão sobre a doença psiquiátrica – e, quem sabe, para o desenvolvimento de diferentes tratamentos para a depressão.



Município de Tenente Laurentino Cruz emite Certidão Negativa de Débitos Federais

Após 6 anos, o município de Tenente Laurentino Cruz/RN consegue emitir novamente Certidão Negativa de Débitos Federais junto a Receita Feder...