quarta-feira, 5 de maio de 2021

Sertanejos comemoram chuvas e sangria de açudes no interior do RN

 acude Sertanejos comemoram chuvas e sangria de açudes no interior do RN

Fortes chuvas que caíram nos últimos dias provocaram sangria de reservatórios de águas e encheram rios, para alegria do sertanejo no Rio Grande do Norte. No Oeste potiguar, o Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden) registrou um acumulado de 120 milímetros em Apodi, 111 mm em Jucurutu e 93 mm em Patu, nos últimos quatro dias.

Açudes de Itaú, Encanto, Campo Grande, Patu, Apodi e Rodolfo Fernandes derramaram água, a maioria na manhã desta quarta-feira (5). As imagens das cachoeiras do Caripina e do Roncador, em Felipe Guerra, também foram compartilhadas pelos moradores da região.

Natal e outras cidades do litoral também receberam bons volumes de chuva desde o fim de semana. Um dos pontos de monitoramento da capital chegou a registrar 70 mm em 96 horas.

Segundo o setor de Meteorologia da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn) o mês de maio começou com chuvas em todas as regiões do estado, com maior concentração na região de Mossoró, Vale do Assú e Médio Oeste.

De acordo com recente reunião com representantes de diversos órgãos do setor de meteorologia de estados como Paraíba, Bahia, Alagoas, Pernambuco e do Distrito Federal, os especialistas concluíram que a previsão para o próximo trimestre – maio, junho e julho de 2021- é de chuvas dentro da normalidade no Rio Grande do Norte.

“O acumulado previsto para próximo trimestre é de: 550 mm no Leste, 270 mm no Agreste, 140 mm na região Central e 180 mm no Oeste. Durante esses meses, poderão ocorrer eventos de chuvas intensas ao longo da faixa litorânea Leste devido à influência da região oceânica que está com as águas mais aquecidas do que o normal”, explicou o meteorologista da Emparn, Gilmar Bristot.

G1RN

Tenente Laurentino Cruz-RN: Campanha em prol de uma prótese de fêmur para Jeová (Vanzinho)

Jeová está com sérias complicações e entre tantos problemas está a perder os movimentos das pernas. Pra que isso não aconteça será necessá...