sexta-feira, 25 de junho de 2021

Bolsonaro assina ordem de serviço de obra que vai levar águas do São Francisco para 32 municípios do RN

No segundo evento da agenda presidencial no Rio Grande do Norte, o presidente Jair Bolsonaro assinou a ordem de serviço para a construlão do Ramal Apodi, que fará parte do Eixo Norte do Projeto de Integração do Rio São Francisco a 54 municípios, sendo 32 no Rio Grande do Norte, 13 na Paraíba e 9 no Ceará. Ao todo, serão 115 km de canais.

O sistema vai beneficiar cerca de 750 mil pessoas nos três estados da região Nordeste. O investimento federal é de R$ 938,5 milhões. Além do presidente, os ministros potiguares Fábio Faria, das Comunicações, e Rogério Marinho, do Desenvolvimento Regional, também participaram da cerimônia. A previsão é que a construção do empreendimento gere cerca de 2.800 empregos, entre indiretos e diretos.

“Estamos inaugurando obras por todo o Brasil. Vamos inaugurar uma obra que começou antes mesmo de eu ter nascido”, comentou o presidente ao citar a conclusão da Barragem de Oiticica.

Rogério Marinho reforçou a importância da obra. “É a maior obra que o RN recebeu em toda a sua história. Quem mora aqui, em especial na cidade de Pau dos Ferros, sabe a dificuldade que existe aqui no fornecimento da água tratada, sabe que essa barragem já secou diversas vezes, sabe da dificuldade de abrir uma torneira e poder satisfazer as necessidades da sua família”, enfatizou o ministério Rogério Marinho.

“Nós vamos começar uma obra que começa em Cajazeiras, na Paraíba, passa pelo Ceará, ingressa aqui em Major Sales, vai até o reservatório Angicos. Depois é Pau dos Ferros. Em seguida, é Apodi. Depois pereniza até Mossoró e resolve de uma vez por todas a situação de água tratada”, completou.

Assim como no evento da manhã desta quinta-feira (24), na Barragem de Oiticica, em Jucurutu, os discursos foram marcados por provocações a adversários políticos, como a governadora Fátima Bezerra e outros membros de oposição ao governo federal.

Além disso, o presidente assinou a ordem de serviço para a revisão do Projeto Executivo da Barragem Poço de Varas, localizada no município potiguar Coronel João Pessoa. 

O projeto original foi elaborado pelo Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs) há dez anos e precisa passar por atualização do levantamento cadastral e estudos ambientais. 

O investimento federal nesta primeira etapa será de R$ 1,07 milhão. Quando concluída, a previsão é que a barragem garanta abastecimento a 42,4 mil pessoas, além de contribuir com pequena irrigação, piscicultura e lazer.

Comunicação por fibra ótica

Em seu discurso no evento, o ministro Fábio Faria prometeu entregar ao Rio Grande do Norte duas infovias, que são redes de comunicação com cabos de fibra ótica, ainda neste ano. Segundo ele, as redes vão ligar Pau dos Ferros a Mossoró e Ceará-Mirim e João Câmara.

“Vamos fazer uma infovia aqui de Pau dos Ferros até Mossoró. Teremos uma rede de fibra ótica, de alta velocidade, que vai ficar pronta até outubro deste ano. E a infovia que vai ligar Ceará-Mirim a João Câmara que vai ficar pronta em agosto deste ano”, informou.

Brasil vai vacinar adolescentes de 12 a 17 anos após finalizar distribuição de doses para adultos, anuncia Queiroga

Foto: reprodução/CNN Brasil O Brasil vai iniciar a vacinação de adolescentes entre 12 e 17 anos assim que já tiver distribuído doses a todos...