quarta-feira, 2 de junho de 2021

Comitê Científico informa que pandemia no RN piorou e secretário de saúde Cipriano Maia diz que quadro atual “é de extremo alerta”; decreto atual expira em uma semana

Foto: Sandro Menezes

O secretário de Saúde do Estado, Cipriano Maia,  alertou em coletiva no início da tarde desta quarta-feira (2), informações do Comitê Científico de enfrentamento à pandemia no estado, que a situação da pandemia da covid-19 no Rio Grande do Norte piorou em alguns aspectos.

Na companhia do diretor do hospital Giselda Trigueiro, André Prudente, o secretário de saúde Cipriano Maia reforçou a necessidade de medidas de proteção individual, como o uso de máscaras, higienização das mãos e distanciamento social.

Para o titular da Sesap, o cenário epidemiológico feito semanalmente pelo comitê científico teve poucas alterações, com piora em alguns aspectos, e o quadro atual “é de extremo alerta e exige de todos nós a atenção e concentração para nos proteger”.

Segundo Maia, a pactuação de restrições regionais no Alto Oeste, Vale do Açu, Região Central e parte do Seridó têm contribuído para evitar a piora do cenário nesses locais.  Apesar de não falar diretamente sobre qual será a postura do Governo do Estado após o decreto em vigor expirar, Cipriano Maia disse que é importante que a situação seja discutida regionalmente.