terça-feira, 1 de junho de 2021

Estado reservará 10% dos novos lotes de vacina para os trabalhadores da educação

 Os trabalhadores da Educação no Rio Grande do Norte passarão a ser vacinados contra a Covid-19 a partir desta semana. O Governo do Estado articulou com os municípios potiguares, em reunião nessa segunda-feira (31), que cerca de 10% das doses dos próximos lotes de vacinas recebidas serão reservados exclusivamente para os trabalhadores da Educação. Segundo a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap/RN), as próximas doses deverão chegar na quinta-feira (3) e a expectativa é de que a vacinação inicie no dia seguinte. Pelo menos 130 mil profissionais da Educação serão contemplados.

O assunto foi discutido em encontro virtual pela Comissão Intergestores Bipartite (CIB), que é chefiada pela Sesap e integrada pela representação de municípios e outros órgãos. Ficou definido que a imunização dos trabalhadores da educação será iniciada a partir dos trabalhadores de creches e pré-escolas e seguindo até o ensino superior, de instituições públicas e privadas.

Segundo o Governo do Estado, cada município, a partir da quantidade de doses recebidas, vai traçar sua estratégia de vacinação e de progressão entre os grupos e unidades de ensino, de acordo com seu censo municipal de escolas. Os trabalhadores da Educação foram incluídos no Programa Nacional de Imunização (PNI) na última quinta-feira (27) pelo Ministério da Saúde. Outras categorias laborais também foram inclusas, como trabalhadores de transporte coletivo, caminhoneiros, limpeza urbana, entre outras.

A coordenadora da Vigilância em Saúde da Sesap, Kelly Maia, explicou o processo de vacinação. “Serão imunizadas todas as pessoas que atuam em essas unidades (de ensino) e vamos seguindo de forma gradual até o ensino superior. Isso vale para escolas públicas e privadas que estejam no cadastro nacional”. O Estado chegou a apresentar um plano de retomada das aulas que incluía a utilização de cerca de 12 mil vacinas da reserva técnica para iniciar a vacinação dos professores, porém, precisou suspender a iniciativa uma vez que já havia uma decisão judicial impedindo o uso da reserva técnica para antecipação de grupos prioritários.

A vacinação contra a Covid-19 no RN seguirá conforme aponta o Programa Nacional de Imunização do Ministério da Saúde, atendendo grupos paralelamente. Segundo a Sesap, o primeiro eixo tem como objetivo concluir o grupo atual, de pessoas com comorbidades e deficiência permanente que estejam cadastrados no Benefício de Prestação Continuada (BPC) ou não, além da população em situação de rua e funcionários do sistema de privação de liberdade e população privada de liberdade.

Em conjunto também serão vacinados, conforme a faixa etária, os integrantes das forças de segurança e forças armadas que não estão atuando na linha de frente da pandemia, trabalhadores do transporte coletivo, taxistas, motoristas de aplicativo e motoboys, do transporte ferroviário, do transporte aeroviário, do transporte aquaviário, caminhoneiros, trabalhadores industriais e de limpeza urbana/manejo de resíduos, cumprindo assim com todos os grupos prioritários que estão previstos no PNI.

Confira matéria completa na Tribuna do Norte.


Tenente Laurentino Cruz-RN: Campanha em prol de uma prótese de fêmur para Jeová (Vanzinho)

Jeová está com sérias complicações e entre tantos problemas está a perder os movimentos das pernas. Pra que isso não aconteça será necessá...