terça-feira, 1 de junho de 2021

Estado reservará 10% dos novos lotes de vacina para os trabalhadores da educação

 Os trabalhadores da Educação no Rio Grande do Norte passarão a ser vacinados contra a Covid-19 a partir desta semana. O Governo do Estado articulou com os municípios potiguares, em reunião nessa segunda-feira (31), que cerca de 10% das doses dos próximos lotes de vacinas recebidas serão reservados exclusivamente para os trabalhadores da Educação. Segundo a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap/RN), as próximas doses deverão chegar na quinta-feira (3) e a expectativa é de que a vacinação inicie no dia seguinte. Pelo menos 130 mil profissionais da Educação serão contemplados.

O assunto foi discutido em encontro virtual pela Comissão Intergestores Bipartite (CIB), que é chefiada pela Sesap e integrada pela representação de municípios e outros órgãos. Ficou definido que a imunização dos trabalhadores da educação será iniciada a partir dos trabalhadores de creches e pré-escolas e seguindo até o ensino superior, de instituições públicas e privadas.

Segundo o Governo do Estado, cada município, a partir da quantidade de doses recebidas, vai traçar sua estratégia de vacinação e de progressão entre os grupos e unidades de ensino, de acordo com seu censo municipal de escolas. Os trabalhadores da Educação foram incluídos no Programa Nacional de Imunização (PNI) na última quinta-feira (27) pelo Ministério da Saúde. Outras categorias laborais também foram inclusas, como trabalhadores de transporte coletivo, caminhoneiros, limpeza urbana, entre outras.

A coordenadora da Vigilância em Saúde da Sesap, Kelly Maia, explicou o processo de vacinação. “Serão imunizadas todas as pessoas que atuam em essas unidades (de ensino) e vamos seguindo de forma gradual até o ensino superior. Isso vale para escolas públicas e privadas que estejam no cadastro nacional”. O Estado chegou a apresentar um plano de retomada das aulas que incluía a utilização de cerca de 12 mil vacinas da reserva técnica para iniciar a vacinação dos professores, porém, precisou suspender a iniciativa uma vez que já havia uma decisão judicial impedindo o uso da reserva técnica para antecipação de grupos prioritários.

A vacinação contra a Covid-19 no RN seguirá conforme aponta o Programa Nacional de Imunização do Ministério da Saúde, atendendo grupos paralelamente. Segundo a Sesap, o primeiro eixo tem como objetivo concluir o grupo atual, de pessoas com comorbidades e deficiência permanente que estejam cadastrados no Benefício de Prestação Continuada (BPC) ou não, além da população em situação de rua e funcionários do sistema de privação de liberdade e população privada de liberdade.

Em conjunto também serão vacinados, conforme a faixa etária, os integrantes das forças de segurança e forças armadas que não estão atuando na linha de frente da pandemia, trabalhadores do transporte coletivo, taxistas, motoristas de aplicativo e motoboys, do transporte ferroviário, do transporte aeroviário, do transporte aquaviário, caminhoneiros, trabalhadores industriais e de limpeza urbana/manejo de resíduos, cumprindo assim com todos os grupos prioritários que estão previstos no PNI.

Confira matéria completa na Tribuna do Norte.


Município de Tenente Laurentino Cruz emite Certidão Negativa de Débitos Federais

Após 6 anos, o município de Tenente Laurentino Cruz/RN consegue emitir novamente Certidão Negativa de Débitos Federais junto a Receita Feder...